Ronda Policial Rio Grande do Sul - 02 de maio de 2016


Dois homens armados invadiram a casa de um comerciante, em Guararapes, interior de São Paulo, fizeram ele e as três filhas reféns, agrediram o homem com coronhadas e fugiram levando R$ 18,5 mil em dinheiro, três armas e R$ 40 mil em joias da família. Pai e filhas foram deixados amarrados. 
O esclarecimento do assalto, realizado no dia 27 de março, chocou os moradores da cidade. A polícia descobriu que o crime foi planejado pelas duas filhas mais velhas do próprio comerciante. Elas combinaram o crime em detalhes com os executores usando o aplicativo WhatsApp de seus celulares.

Um casal foi preso na manhã deste domingo por tráfico de drogas. Segundo a Polícia Civil, um homem e uma mulher foram pegos em flagrantes com mais de 80 ecstasys dentro de um ônibus de excursão para uma festa eletrônica em Canoas, região metropolitana de Porto Alegre.

De acordo com delegado Maurício Barison, os indivíduos presos e a droga apreendida foram conduzidos para o Departamento Estadual de Investigações do Narcotráfico (Denarc). Após procedimentos legais, o casal deve ser encaminhado ao sistema prisional gaúcho. 

Dezenas de pessoas, acompanhadas de seus animais de estimação, fizeram uma passeata na tarde deste domingo pela rua São Luis, no bairro Santana, em Porto Alegre. Com faixas e cartazes, eles pediam Justiça no caso envolvendo a morte de um cachorro da raça yorkshire, na semana passada, chamado Theo.

Segundo a dona, Isabel Maciel, o cachorro morreu após ser agredido por um vizinho. Ainda profundamente emocionada, Isabel, que participou da caminhada, disse não compreender a violência. “Ele tinha 11 anos. Era quase um filho. E tudo ocorreu porque ele fez xixi na calçada. Não tem explicação para uma violência dessas”, afirmou. Segundo o relato dela, o suspeito teria chutado o animal após ele fazer xixi na entrada do prédio onde ele reside. Com o chute, o cão teve várias fraturas e acabou morrendo.

Segundo outros moradores, o homem já era conhecido por ameaçar donos de animais. Gritando a palavra "Justiça" e "Todos somos Theo", os manifestantes pediram uma providência da Justiça. “Não podemos deixar que isso se repita. Eles (animais) são inocentes e não têm como se defender sozinhos”, desabafou a esteticista, Janaina Villanova, que tem sete cães e trabalha numa estética de cães. 

Pedro Amaral de Souza, 54 anos, que era morador do loteamento Santa Rita, na periferia de Passo Fundo, foi encontrado morto num açude na manhã deste domingo. Segundo familiares, ele havia saído na tarde de sábado para pescar no açude, localizado no próprio loteamento, e não retornou.

Pela manhã, o filho Vanderlei Muller de Souza foi a procura e avistou o corpo do pai boiando na água. Mergulhadores do Corpo de Bombeiros foram ao local e resgataram o corpo. Segundo o filho, o pai era acostumado a pescar no açude, mas não sabia nada. Pedro Amaral de Souza tomava medicação para hipertensão e a suspeita é de que tenha sofrido um mal súbito e caído na água.

O corpo foi encaminhado para necropsia no Departamento Médico Legal (DML) para apurar as causas da morte. A Polícia Civil investiga as circunstâncias em que ocorreu o afogamento.

Nenhum comentário:

Postar um comentário