Missionária Alessandra S. Paiva - Tutty

Encontro da Família Diehl será realizado em Estrela




Encontro da Família Diehl será realizado em Estrela

A DIEHLfest 2017 será no dia 19 de novembro de 2017

Felipe Diehl concedeu entrevista no Redação Studio FM 98.3. Informou que o Encontro da Família Diehl será realizado no dia 19 de novembro de 2017 em Estrela. O evento iniciará às 10h com Missa na Igreja São José e logo após celebração o evento segue no Centro Comunitário da Linha São José, interior de Estrela, RS.

A recepção da DIEHLfest será às 9h30. A Missa será realizada na Igreja Católica São José às 10h. Em seguida, às 11h30, no Centro Comunitário da Linha São José, em frente à Igreja, será apresentado um relato Histórico da Família Diehl. O almoço será servido às 12h15 pela Comunidade Católica ao custo de R$ 35,00. Às 14h será feita a foto coletiva com os participantes do evento. A tarde terá apresentações culturais. Em destaque a apresentação de danças alemãs pelo Grupo de Danças Infantil do Centro Cultural Morgenstern de Colinas. A DIEHLfest 2017 será animada pelo músico Valdecir Moura.

As confirmações para o Encontro da Família Diehl deverão ser feitas até o dia 12 de novembro pelo e-mail familiadiehl@bol.com.br ou pelo celular/WhatsApp (51) 99285-2005 com Felipe Diehl.

Sede do Encontro da Família

A sede do Encontro da Família Diehl foi escolhida para ser realizada na Linha São José, Estrela, pela ligação histórica dos Diehl com a Comunidade Católica e escolar. A escola na Linha São José, na época a localidade era denominada Boa Vista, existia desde 1897 próxima ao atual cemitério. Em 1913, moradores da Linha Boa Vista e da picada Boa União, decidiram juntar as escolas das duas localidades em uma escola só. Então, Heinrich Diehl doou o terreno para a construção da escola para atender São José e Boa União, onde hoje é o atual prédio da escola, junto ao Centro Comunitário da São José. A primeira professora desta escola foi Frida Scheeren, depois casada com o filho de Heinrich, o Nicolau Diehl. Isso tudo há 104 anos atrás. Heinrich Diehl é neto do imig rante Paul Diehl, que chegou ao Brasil em 1825.

Hermina Diehl, filha do Capitão da Guarda Nacional e vice-intendente de Estrela Ferdinando Scheeren. Casada com José Diehl, filho do Heinrich, doou em 1962 o terreno para construir a Igreja Católica da São José.

Eugênio Diehl, neto de Heinrich, foi presidente da Comunidade Católica da São José. Na época que ele presidiu foi construída a Igreja e o Ginásio do Centro Comunitário. Eugênio, juntamente com a esposa Selma, doaram para a comunidade o terreno para construir a Câmara Mortuária em 1987.

O bisneto de Heinrich, Euclides Diehl, também foi presidente da Comunidade Católica da São José. Na época foi construído a Câmara Mortuária. Dilo Ely, também bisneto de Heinrich, foi presidente da Comunidade.

Os imigrantes Diehl

Os primeiros Diehl vieram ao Brasil em 1825. Entre eles destacamos a família de Sebastian Diehl e Paul Diehl. Sebastian, ao chegar no Brasil, ficou um ano a serviço do Imperador Dom Pedro I no Rio de Janeiro. E em 1827 chegou em São Leopoldo, sendo que a família dele foi importante no desenvolvimento da região e da Província devido ao trabalho de navegação.

Paul Diehl chegou ao Brasil 192 anos atrás, em 1825. No dia 15 de janeiro de 1826 chegou em São Leopoldo, com a esposa Anna Margaretha Frey e com seis filhos: filhos Mathias, Peter, Johannes, Adam, Tecla (que casou Mossmann) e Paul. No Brasil, nasceram mais dois filhos: Catharina que casou com Mohr. E Jacob Diehl, casado com Maria Hauschild, e que por volta de 1860 saiu de São Leopoldo e foi um dos primeiros colonizadores alemães de Estrela.

O imigrante Paul Diehl nasceu em1789, em Bodenheim, na Alemanha, época Prússia. Cidade tradicional no cultivo de uva e produção de uvas. Há 200 anos atrás era e ainda é a tradição e a economia de Bodenheim. Conforme certidão de casamento, Paul era viticultor na Prússia. E no Brasil, conforme recenseamento de 1847 consta que Paul Diehl residia em Lomba Grande, São Leopoldo, era católico e tinha como profissão “carniceiro”.

Do Rio de Janeiro ao Rio Grande do Sul, a família Paul Diehl veio no famoso costeiro rodeado pela fome e pela morte. Diehl assinou a Submissa e obediente queixa contra o capitão do navio para o Imperador Dom Pedro I. Era um apelo desesperado por ajuda. Pois na época havia Guerra com a Argentina e os alimentos estavam escassos em Porto Alegre. O capitão do barco deixou de alimentar, apenas com migalhas, os passageiros para vender os mantimentos pelo dobro do valor em Porto Alegre. Em 30 dias pelo menos 20 pessoas, entre crianças e velhos, faleceram e foram jogadas ao mar.

Foto: Família de José Diehl. Nascido em 1891 e residia na Linha São José, Estrela (RS). Bisneto do imigrante Paul Diehl. Na foto, José Diehl está com a esposa Hermina Scheeren e com os filhos (esquerda para direita) Paulina, Eugênio, Helma, Lauro, Selma, Werno e Nelda. (Arquivo pessoal de Euclides Diehl)

Estrela ganha suas primeiras Cooperativas Escolares






Estrela ganha suas primeiras Cooperativas Escolares

Parceria entre Sicredi Ouro Branco e Prefeitura realiza esta semana as assembleias de fundação das cooperativas estudantis

O programa Cooperativas Escolares, fomentado na região pela Sicredi Ouro Branco e que em Estrela tem a parceria da Secretaria Municipal de Educação (Smed), realizou nesta quarta-feira (18) uma das mais importantes etapas do processo de formação executado desde março. Três das cinco cooperativas estudantis foram fundadas oficialmente em assembleias realizadas nas escolas participantes. Outras duas promoverão as assembleias nesta quinta-feira (19). Uma apresentação pública das cooperativas ocorrerá em data ainda a ser definida. 

Na manhã desta quarta-feira foram oficializadas a Coopeluther (Colégio Martin Luther) e a CSA Cooper (Colégio Santo Antônio). 

Nesta quinta-feira será a vez da Coopej (Emef Pedro Jorge Schmidt), no Distrito da Delfina (9h); e a Coopestar (Emef Cônego Sereno Hugo Wolkmer), no Bairro Auxiliadora (14h).

Todas as assembleias contaram com a presença de autoridades importantes da Cooperativa Sicredi Ouro Branco, do Governo Municipal, também de pais, mestres e pessoas das comunidades. 

O presidente do Sicredi Ouro Branco, Silvo Landmeier, destaca. “Ficamos emocionados e felizes pois vemos a concretização de um projeto que vai criar lideranças comunitárias, novos empreendedores, que poderão tocar negócios e muitas estruturas úteis para esta e outras comunidades, num sentido positivo de cooperação.” 

Também representaram o Sicredi o vice-presidente Inácio Inácio Berwanger, o diretor executivo Neori Ernani Abel, e os gerentes das agências, Claus Wallauer e Édison Griesbach. Pelo Governo de Estrela, prestigiaram o evento os secretários municipais de Educação (Smed), Marcelo Mallmann, e do Planejamento e Desenvolvimento Econômico (Seplade), Paulo Finck. “Esta escola, esta comunidade já têm uma essência cooperativista. E a Cooperdiel, assim como as outras, já nascem como um sucesso. Temos muito a agradecer a parceria do Sicredi que nos permite ter esta experiência e deixar um legado imenso para estas crianças e muitos outros que serão beneficiados com suas ações”, ressalta Mallmann. 

Saiba Mais

O programa Cooperativas Escolares, fomentado pela Sicredi Ouro Branco, visa a criação de associações de estudantes. Estas têm finalidade educativa, nas quais alunos são incentivados a desenvolver atividades econômicas, sociais e culturais em benefício dos jovens associados. Também trabalham a formação de futuros líderes, gestores, empreendedores e cidadãos. Através destas organizações os estudantes vivenciam princípios do cooperativismo, participam do desenvolvimento de projetos, oficinas e trabalham disciplinas como gestão, educação financeira, cooperativismo e outras. A adesão das escolas é voluntária e as cooperativas são formadas somente por alunos. Estes têm suporte pedagógico para a implantação e desenvolvimento do programa e um professor orientador. Com as representantes estrelenses, o Estado superará a marca das 90 Cooperativas Escolares.

Ministério Público indefere pedido de inquérito sobre concurso público em Estrela


MP indefere pedido de inquérito sobre concurso público
Promotor de Justiça entendeu que não houve má-fé pelo Governo de Estrela, ou intenção de favorecer ou prejudicar alguém

O promotor de Justiça de Estrela, Daniel Cozza Bruno, indeferiu a instauração de inquérito civil para averiguar se teria havido improbidade por parte do Governo de Estrela quando da realização do concurso público para os cargos de fiscal de trânsito, fiscal sanitário e monitor de Educação. A decisão foi levada ao conhecimento do prefeito Rafael Mallmann no último dia 16. 

O certame foi anulado pela prefeitura depois que uma comissão de sindicância apurou que houve algumas irregularidades, como a fragilidade dos lacres nos envelopes das provas e a posse, mesmo que desligados, de aparelhos de celular por parte dos candidatos. “Entendo que a situação trazida ao conhecimento do Ministério Público não desafia a tutela coletiva da probidade administrativa, não transbordando os fatos noticiados de irregularidades ou, até mesmo, ilegalidades em concurso público de provas e títulos que foram sanadas pela Administração Municipal no controle administrativo de seus atos, por meio de sindicância e anulação do certame”, afirma o promotor.

De acordo com ele, os vícios do certame “não pareceram decorrer por vontade deliberada da Administração Municipal, especialmente por má-fé ou desonestidade”. Cozza Bruno ressalta que a Administração Municipal, assim que realizada audiência na Promotoria de Justiça, “foi diligente e ágil em suspender o certame, apurar os fatos e adotar a posição de anulação do concurso devido aos erros verificados no processo administrativo instaurado para tanto” (sindicância), resultado homologado pelo prefeito e que regulamentou também o procedimento para a devolução dos valores das taxas de inscrição. “Portanto, os candidatos não terão prejuízo pecuniário, porquanto poderão reaver o valor pago a título de taxa de inscrição”, diz.

Para o promotor, os fatos ocorridos, ao que tudo indica, decorreram pela “falta de qualificação técnica da empresa contratada”. Diante dos fatos, ele entendeu não haver elementos “mínimos e idôneos” que justificassem a tutela da probidade administrativa, que viessem a permitir uma investigação de ordem coletiva. “Diante disso, desnecessária a instauração de inquérito civil para apuração dos fatos noticiados ao Ministério Público sob a tutela da probidade administrativa, pois inexistente a presença do elemento subjetivo da má-fé, da intenção de favorecer ou prejudicar alguém”, reforça o promotor em sua manifestação. 

Texto: Paulo Ricardo Schneider
Foto: Rodrigo Angeli/ arquivo

Legisladores Mirins na Câmara de Vereadores de Estrela


Legisladores Mirins na Câmara de Vereadores de Estrela 

Nesta terça-feira (17.10.2017), ocorreu a sessão do Legislativo Mirim, onde 13 representantes de diversas escolas do município, das redes municipal, estadual e privada, ocuparam a Câmara de Vereadores e exerceram as funções da vereança. 

Na ocasião, os estudantes apresentaram propostas de interesse de suas comunidades que serão reunidas e enviadas ao Executivo Municipal como reivindicação legislativa. 

O presidente Ernani de Castro abriu os trabalhos dando boas vindas aos vereadores Mirins e convidou o vice-prefeito, Valmor Griebeler, para manifestação na Tribuna. 

Em seguida a vereadora, Débora Martins assumiu a direção dos trabalhos como proponente do evento que convidou os vereadores Mirins a receberem seus respectivos Diplomas, que foram entregues pelos vereadores presentes. 

Vereadores Mirins e respectivos educandários: Presidente Camila da Silva Viana - EMEF Arnaldo José Diel; vice-presidente Giovana Schröer Albrecht - Colégio Martin Luther; secretário David Ivan Nunes de Melo - EMEF Moinhos; Ana Carolina Arnhold -EMEF Pinheiros; Ana Paula Siebenneichler - EMEF José Bonifácio; Bianca Maria Palm da Silva - EMEF Pedro Jorge Schmidt; Gabriéli Martini - EMEF Pedro Jorge Schmidt; Marcela Cavalheiro - EMEF Cônego Sereno Hugo Wolkmer; Muriel Rafaela do Amaral Trapp - EMEF Odilo Afonso Thomé; Natália Becker Delwing - EMEF Arnaldo José Diel; Natanael Ribeiro - EMEF Odilo Afonso Thomé; Sofia Eduarda Schulte - EMEF José Bonifácio; Vitória Stadtlober dos Santos - EEEB Nicolau Müssnich.

Estrela lança campanha Estrela Premiada e Natal na Praça 2017

















Estrela-RS 17 de outubro de 2017.

Estrela lança campanha Estrela Premiada e Natal na Praça

Ocorreu na noite desta terça-feira (17.10), no Salão da Oase, o lançamento da promoção Estrela Premiada e Natal na Praça 2017. 

A promoção Estrela Premiada vai sortear um automóvel zero quilômetro, cheques-presente e smartphones entre os consumidores.

A iniciativa é do Governo de Estrela, com apoio da Câmara de Comércio, Indústria e Serviços (Cacis). A campanha vai sortear, entre os consumidores, um automóvel Chery QQ zero quilômetro; 10 cheques-presente no valor de R$ 700,00 cada e 16 smartphones. 

Conforme o secretário da Fazenda, Henrique Lagemann, o objetivo é promover o incremento das vendas do comércio local e o aumento da arrecadação do município.

O presidente da Cacis, Pedro Antônio Barth, chamou a atenção para a importância da participação dos empresários na promoção. Destacou a parceria com a Prefeitura Municipal e mencionou outras promoções que foram realizadas pelo Comércio com grande sucesso.

O vice-prefeito, Valmor Griebeler, elogiou o interesse e participação da comunidade nos eventos natalinos. Sejam promoções para valorizar o comércio local, ou, atrair visitantes com a cidade iluminada, organizada e enfeitada.

O presidente da Câmara de Vereadores, Ernani de Castro, colocou o legislativo estrelense a disposição para parcerias com os empresários. Salientou a motivação de todos municipes para realização do Natal na cidade.

A primeira Dama, Carine Schwingel, apresentou as atrações do Natal na Praça 2017. Os enfeites natalinos que irão enfeitar as ruas, praças, Parque Princesa do Vale e Calçadão. Muitas surpresas estão reservadas, com luzes, adornos e um colorido todo especial. Agradeceu a todos que estão colaborando, seja no Barracão para confecção das peças ou com recursos para adquirir ou contratar o material necessário. Carine falou que neste ano muito reciclado será utilizado para reduzir os custos.

O calendário e atrações para o Natal também foram divulgados: Tudo começa no dia 24 de novembro com a Chegada do Papai Noel e apresentação de Wilseu Pause e Banda. Neste dia ocorre o primeiro sorteio da Campanha Estrela Premiada, com cinco cheques-presente no valor de R$ 700,00 e oito smartphones.

No dia 1º de dezembro: apresentação de Tholl Imagem e Sonho; 05 de dezembro: OSPA; 06 de dezembro: Janelas do Natal; 10 de dezembro: Festival Kids; 15 de dezembro: Duca Leindecker e Banda; 25 de dezembro: Presépio Gaudério, apresentação dos Fagundes e Encerramento do Natal Regional e finalmente no dia 27 de dezembro: Alemão Ronaldo e Banda.

O segundo será em 27 de dezembro, com o prêmio maior da promoção – o automóvel zero quilômetro – mais cinco cheques-presente de R$ 700,00 e oito smartphones.

Brincando no Parque anima milhares de alunos em Estrela









Brincando no Parque anima milhares de alunos

Evento que marca o Dia das Crianças em Estrela é realizado no Parque Princesa do Vale e seguirá à tarde

O Parque Princesa do Vale recebe um colorido especial desde as primeiras horas da manhã desta terça-feira (17). Foi quando os alunos entre 6 e 10 anos das três redes de ensino do município começaram a se divertir com o Brincando no Parque 2017, promoção do Governo de Estrela que marca o Dia das Crianças. A programação conta com uma série de brincadeiras, oficinas e outras atrações que seguirão à tarde com o acesso de mais turmas.

Rodrigo Angeli