Ronda Policial Rio Grande do Sul - 04 de dezembro de 2015



Um morador de rua foi esfaqueado na noite desta quinta-feira na Cidade Baixa, em Porto Alegre. Luiz Eliezer Costa Pinto recebeu cinco facadas no tórax e precisou ser socorrido pelo Samu e levado ao Hospital de Pronto Socorro, onde está internado em estado regular. De acordo com a Brigada Militar, a vítima foi encontrada por um grupo de civis caída próximo à Faculdade do Senac, toda ensanguentada. A polícia acredita que os ferimentos foram resultado de uma briga com outro morador de rua.


Em entrevista nesta quinta-feira, o delegado Rodrigo Garcia, da 1ª Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), anunciou que os quatro homens que agrediram homem, de 41 anos, motorista do Uber serão indiciados por tentativa de homicídio e dano qualificado. Garcia confirmou ainda que os quatro agressores são taxistas e premeditaram a emboscada. Dois deles trabalham no supermercado Carrefour da avenida Bento Gonçalves, zona Leste de Porto Alegre, onde o crime foi cometido no último dia 26. 

A Brigada Militar faz buscas por um homem que tentou matar a ex-mulher, na noite desta quarta-feira em Marau, região Nordeste do Estado. A vítima saía de uma audiência por violência contra a mulher contra o ex-marido, por volta das 19h30min, quando ele entrou no carro e a atropelou. Depois disso, saiu do veículo com uma faca e desferiu pelo menos um golpe. Várias testemunhas que estavam na área tentaram impedir a violência, mas o homem conseguiu se desvencilhar e desferir a facada. Os bombeiros socorreram a mulher, de cerca de 40 anos. A BM fez diversas patrulhas em busca do agressor, mas ele continua foragido. A vítima foi encaminhada ao Hospital de Passo Fundo, em estado grave.

Depois de passar mais de quinze horas amarrado e amordaço em posse de criminosos, um empresário, de 47 anos, foi libertado em Viamão. Quatro integrantes da quadrilha envolvida no crime foram presos. A vítima foi sequestrada em frente a sua residência, na rua Felipe de Oliveira, no bairro Petrópolis. O fato ocorreu quando quatro homens abordaram o empresário dentro do seu veículo. Eles colocaram o homem, amordaçado e com um capuz na cabeça, no banco traseiro do veículo antes de partirem.

Nenhum comentário:

Postar um comentário