Ronda Policial Rio Grande do Sul - 22 de dezembro de 2015


A Polícia Civil concluiu que um jovem de 22 anos atropelou e matou três irmãos durante fuga de uma barreira policial, em Viamão, no final de novembro. Além de responder pelas três mortes, ele também vai ser indiciado pela tentativa de homicídio de um policial, quase atingido pelo motorista durante o escape. As investigações ainda não esclareceram se o mesmo jovem havia roubado o carro ou se foi apenas o receptor. Um mês antes do crime, o acusado já havia sido detido por receptação de veículo roubado, mas acabou sendo liberado após pagar fiança, explicou a delegada Larissa Fajardo.

A Brigada Militar prendeu homem que manteve reféns durante um assalto em um restaurante na tarde desta segunda-feira. O assaltante tentou roubar o local, que fica dentro da Galeria do Rosário, centro de Porto Alegre, e ao ter plano frustrado, tomou os clientes como reféns, em meio ao horário do almoço. A BM foi acionada e conseguiu prender o homem. A Polícia ressaltou que, devido à agilidade da ação, poucas pessoas tomaram conhecimento da ação criminosa. Ninguém ficou ferido e nenhum pertence foi levado.

A Polícia Civil começou as investigações para esclarecer o assassinato da universitária Dóris Terra Silva, 21 anos, cujo corpo com marcas de facada na barriga e no peito, além de sinais de que tentou defender-se, foi encontrado na noite desse domingo às margens da ERS 020 em São Francisco de Paula, na Serra.O resultado das perícias do Departamento de Criminalística e do Departamento Médico Legal, realizadas no corpo da jovem, na faca e no veículo serão fundamentais nas investigações. Segundo o diretor-geral do Instituto Geral de Perícias (IGP), Cleber Müller, um dos objetivos é obter o perfil genético do autor do crime a partir do material coletado para fins de DNA, como eventuais resíduos de pele do criminoso embaixo das unhas da vítima e também fios de cabelos diferentes ao dela.

Nenhum comentário:

Postar um comentário