Ronda Policial Rio Grande do Sul - 10 de agosto de 2016


A Brigada Militar isolou um trecho da rua Major Sezefredo, em Canoas, após localizar o corpo de um homem dentro de um veículo Hyundai Accord, na noite desta terça-feira. O veículo ficou estacionado próximo ao motel Califórnia, no bairro Marechal Rondon. Rastros de sangue próximo ao veículo sugerem que uma outra pessoa pode ter ficado ferida. A Polícia Civil assumiu a investigação.

A delegada Elizabete Shimomura decretou a prisão preventiva do tio de uma criança de seis anos, encontrada morta na tarde desta terça-feira, em Restinga Seca, na região Central do Rio Grande do Sul. De acordo com a Brigada Militar (BM), o corpo do menino foi localizado, por volta das 13h30min, em um galpão no município, parcialmente nu da cintura para baixo, o que levanta suspeita de abuso sexual.

Na casa do homem, de 57 anos, a polícia encontrou os materiais escolares e um tênis do garoto. Conforme a delegada, segundo familiares, o homem já tinha histórico de abuso sexual a outros menores. Após prestar depoimento, ele vai ser encaminhado ao Presídio de Agudo.

O menino havia saído para a escola nesta manhã de terça, e não voltou para casa. Ele residia com os avós, já que os pais vivem em Santa Catarina. Ele não sofreu ferimentos, mas as causas da morte dependem de necropsia e do laudo pericial.

Um indígena morreu após um acidente de trânsito na ERS-324 em Planalto, na região Norte do Rio Grande do Sul, por volta das 12h30min desta terça-feira. O jovem tinha 20 anos e foi encontrado gravemente ferido no km 46 da rodovia, onde havia vestígios de derrapagem.

Conforme o Comando Rodoviário da Brigada Militar (CRBM), ele chegou a ser socorrido por uma ambulância do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), mas chegou ao hospital sem vida.

O local do acidente fica próximo à reserva indígena onde o jovem residia com a família, segundo o CRBM. Testemunhas relataram que ele conduzia uma moto quando foi atingido, mas nenhum veículo foi localizado.

O afogamento de um menino de nove anos, ocorrido nessa segunda-feira em Imbé, no Litoral Norte, será investigada como acidente. A informação é do titular da Delegacia da cidade, delegado Antônio Ractz. Segundo ele, não está descartada a hipótese de que a vítima e o amigo de cinco anos estivessem jogando Pokémon Go pouco antes da queda nas águas do rio Tramandaí.

Nenhum comentário:

Postar um comentário