Notícias do Mundo, Brasil, Rio Grande do Sul e Vale do Taquari - 26 de agosto de 2016

Univates:

Durante as tardes de terça-feira, a atenção de oito equipes constituídas por professores, estudantes voluntários e bolsistas da Univates está voltada para 13 famílias do bairro Santo Antônio que têm doentes crônicos. Momentos de conversa e interação, em que são compartilhadas questões do cotidiano familiar, servem para fundamentar as ações de assistência no âmbito do projeto “Ações interdisciplinares de cuidado em saúde no bairro Santo Antônio – Lajeado/RS”.

O trabalho é desenvolvido desde 2009 e o bairro, com aproximadamente cinco mil habitantes, foi escolhido por haver maior demanda na cidade, conforme indicou o censo do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). As famílias participantes são escolhidas por intermédio da unidade de Estratégia de Saúde da Família (ESF) do bairro.

A partir disso, é feito acompanhamento semanal de acordo com as necessidades de cada uma das famílias, em uma metodologia chamada de terapêutica singular. “Geralmente, nós atendemos pessoas com doenças crônicas e que apresentam mais de uma patologia”, explica a professora Marilucia Vieira dos Santos, coordenadora do projeto.

Vale do Taquari:

Na manhã desta terça-feira, 23, foi constatado por servidores da Secretaria Municipal da Saúde de Paverama, atos de vandalismo e furto no Posto de Saúde.

Criminosos arrombaram uma porta dos fundos e uma janela lateral, vasculharam armários e furtaram uma TV 43 polegadas e um notebook. Ao chegarem ao local, os servidores constataram o fato. O furto ocorreu na madrugada de terça-feira, no Centro.

A ocorrência foi registrada ainda na manhã de terça-feira.

Rio Grande do Sul:

Um levantamento da Federação das Associações de Municípios do RS (Famurs), divulgado nesta quarta-feira (24), revela que 130 prefeitos do Rio Grande do Sul, que poderiam tentar um novo mandato, não vão concorrer nas eleições de 2016.

No Vale do Taquari, não concorrerão os atuais gestores de Anta Gorda, Bom Retiro do Sul, Coqueiro Baixo e Marques de Souza. Dados da entidade apontam que 349 prefeitos podem concorrer à reeleição este ano.

Outros 148 já estão no segundo mandato e não poderão participar do pleito. Para a Famurs, a desistência se deve à redução das receitas, uma consequência da queda de repasses estaduais e federais e também ao aumento das obrigações dos municípios.

O presidente da Famurs e prefeito de Arroio do Sal, Luciano Pinto, acredita que os próximos quatro anos poderão ser ainda mais difíceis ás prefeituras. Fonte: Zero Hora

Brasil:

O presidente interino Michel Temer negou estar nervoso com o julgamento da presidenta afastada Dilma Rousseff, e disse que considerou "natural" o processo de impeachment que tramita no Senado e deve ser concluído na próxima semana.

Após participar de um evento no Palácio do Planalto, que marcou o início do revezamento da tocha paralímpica, Temer conversou rapidamente com jornalistas. Ele falou rapidamente, após a cerimônia e, enquanto se afastava dos repórteres, foi perguntado se estava nervoso ou inseguro com relação ao processo.

"É uma coisa tão natural da democracia", respondeu o presidente, deixando o Salão Nobre do Palácio do Planalto.

Mundo:

Mais da metade dos americanos consultados em uma nova pesquisa disse que planeja votar em Hillary Clinton na eleição de novembro, permitindo que a candidata democrata supere pela primeira vez a barreira dos 50%. A intenção de 51% dos americanos é votar em Hillary Clinton nas presidenciais, o que fez com que a ex-secretária de Estado consiga passar da margem dos 50% em uma pesquisa eleitoral.

A pesquisa, publicada nesta quinta-feira pela Universidade de Quinnipiac, mostrou que Hillary chega aos 51% de intenções de voto frente aos 41% de seu rival republicano, Donald Trump. "Esta vantagem de 10 pontos é uma prova a mais de que Donald Trump está em uma espiral para baixo", disse Tim Malloy, subdiretor da divisão de pesquisas desse centro de estudos.

Hillary cai, entretanto, para menos de 50% quando outros candidatos são acrescentados. A ex-primeira-dama obteria 45% e Trump, 38%, se colocassem na pesquisa o candidato do Partido Liberal, Gary Jonhson (10%), e a aspirante pelo Partido Verde, Jill Stein (4%).

Na média, Hillary obtém 47,7% das intenções de voto, contra 41,7% de Donald Trump, segundo o site Real Clear Politcs. Outras três consultas realizadas desde o começo do mês outorgam à postulante democrata 50% da vontade dos eleitores. 

Hillary Clinton continua reunindo o apoio das mulheres (60%) e dos eleitores vindos das minorias (77%), mas a pesquisa da Universidade de Quinnipiac evidencia que a ex-chefe da diplomacia americana não consegue conquistar a simpatia da maioria dos eleitores.

Nenhum comentário:

Postar um comentário