Economia - 26 de agosto de 2016


A Olimpíada do Rio de Janeiro foi encerrada no último domingo, mas alguns brasileiros ainda estão buscando formas de lucrar bastante com o evento. As moedas de R$ 1 comemorativas dos Jogos Olímpicos, lançadas desde 2014 pelo Banco Central, que circulam normalmente no mercado, estão sendo vendidas por até R$ 100 em sites de vendas.

Em busca de colecionadores mais desesperados - e com bastante dinheiro no bolso -, há pessoas colocando todas as 17 moedas da coleção à venda por até R$ 260. No site do Banco do Brasil, as peças podem ser compradas pelo valor de R$ 13.

A demanda pelos itens pode ficar ainda mais alta, conforme as moedas disponíveis fiquem mais raras. Das 320 milhões de unidades especiais produzidas, 93,7% já estão em circulação, sendo que a maioria entrou no mercado a partir de novembro de 2014. A mais rara de todas foi lançada ainda em 2012, quando o Brasil recebeu a bandeira olímpica, após os Jogos de Londres.

Além das moedas comemorativas que entraram normalmente em circulação, o Banco Central também lançou moedas especiais da Olimpíada, de ouro e prata, voltadas para colecionadores endinheirados. Enquanto as moedas de ouro são vendidas por R$ 1.180, as de prata são comercializadas por R$ 195. Na internet, as douradas são oferecidas por até R$ 2.300.

Nenhum comentário:

Postar um comentário