Ronda Policial Rio Grande do Sul - 18 de agosto de 2016


Um dos suspeitos da morte da médica Graziela Lerias, de 32 anos, no fim de semana, em Porto Alegre, se apresentou para prestar depoimento na 4ª Delegacia de Polícia. O jovem de 19 anos estava acompanhado do avô. Um outro suspeito de 21 anos, que também é investigado pelo crime, segue sendo procurado. A prisão preventiva havia sido decretada no começo da tarde desta quarta-feira.

Conforme o delegado titular da Delegacia de Policia Regional de Porto Alegre, delegado Cléber Ferreira, através da perícia foi possível o reconhecimento. ”Com a perícia foi localizada uma carteira com documentação e posteriormente descobrimos que seria de um dos indivíduos. Através do nosso sistema de computador, identificamos a pessoa e foi exibido para a irmã da vítima que reconheceu o criminoso”, confirmou o delegado.

Na segunda-feira, o veículo foi encontrado queimado na avenida Edgar Pires de Castro, na zona Sul da Capital. No interior do carro foi encontrado documentos e também um dos tênis usados por um dos suspeitos na ação. Através da investigação e da perícia, além da análise de imagens, foi possível identificar a dupla criminosa. A confirmação dos indivíduos também se deu pela irmã de Graziela. A Polícia cumpriu também um mandado em uma casa na zona Sul, para onde ambos se dirigiram após cometer o crime.

Nenhum comentário:

Postar um comentário