Ronda Policial Rio Grande do Sul - 28 de abril de 2016



Policiais do Departamento Estadual de Investigações do Narcotráfico (Denarc) apreenderam mais de 4,2 mil porções de maconha em Porto Alegre, essa é a maior quantidade do produto pronta para a venda já apreendida neste ano pelo departamento. Durante a ação, realizada nessa quarta-feira, um homem, de 56 anos, foi preso e uma central de distribuição de maconha foi fechada na Vila da Conceição.

O indivíduo preso mantinha as porções em depósito, todas já embaladas individualmente para a comercialização. O peso total da droga apreendida supera os 10 quilos. A estimativa do delegado Maurício Barison é de que a droga pudesse render mais de R$ 25 mil se fosse comercializada. “Milhares de pessoas ficaram longe dos malefícios da droga”, destacou.

Um homem de 41 anos foi preso, nesta quarta-feira, usando uma máscara de borracha como disfarce, para cometer mais um assalto. O flagrante ocorreu em São Leopoldo, no Vale do Sinos. O detido é um dos líderes de uma quadrilha de roubo a banco que age em todo o Rio Grande do Sul. Conforme a Polícia Civil, o assaltante tinha plano de atacar um estabelecimento bancário, até o fim do dia. A identidade dele não foi revelada.

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) apreendeu na manhã desta quarta-feira cerca de 200 quilos de maconha em uma caminhonete na BR 386 em Sarandi, no Norte do Estado. A apreensão ocorreu durante uma operação de rotina em uma caminhonete Silverado.

Ao abordarem o veículo, os agentes descobriram um fundo falso na carroceria que estava encoberto pelo protetor plástico da caçamba. A droga seria proveniente do Paraguai e seguiria para a região do vale dos Sinos.

O condutor de 39 anos foi preso em flagrante por tráfico de drogas. A ocorrência foi encaminhada à polícia judiciária para registro da ocorrência.

Após tumulto e agressão a um agente penitenciário, 31 detentos do presídio regional de Passo Fundo, localizado no bairro São Luiz Gonzaga, foram transferidos a outras casas prisionais na noite dessa terça-feira. Em nota à imprensa, a direção do presídio explica que os detentos iniciaram o tumulto durante uma conferência realizada na manhã dessa terça-feira.

Os presos das galerias A e C teriam atingido um agente penitenciário com um objeto pontiagudo na testa, mas sem gravidade, além da fazer sérias ameaças aos servidores da Superintendência dos Serviços Penitenciários (Susepe) e quebrar a fechadura de uma das celas. Segundo a direção, outros detentos destas galerias começaram a bater nas celas.

Diante desta situação, a conferência foi interrompida e os agentes foram orientados a sair das galerias para não serem expostos a riscos, devido ao baixo número de efetivo frente ao elevado número de presos. Com a ameaça, a direção solicitou apoio do Grupo de Ações Especiais da Susepe (GAE) da região Metropolitana de Porto Alegre e de agentes penitenciários da região de Passo Fundo.

Com a presença de 57 agentes, a situação foi controlada à noite. Os detentos, com autorização do poder judiciário, foram transferidos para presídios estaduais de Uruguaina, Venâncio Aires, Pelotas, Ijuí e Jaguarão. A direção adverte que novas remoções serão feitas caso continuem com atos de indisciplina. O presídio regional de Passo Fundo tem capacidade para 307 detentos, mas conta atualmente com 720 presos.


Nenhum comentário:

Postar um comentário