Passando a tarde com Flávio Jaeger em Estrela

































Passando a tarde com Flávio Jaeger em Estrela

No sábado (26) fomos gentilmente recebidos na residência do Sr. Flávio Jaeger. 

Dois profissionais do jornal Zero Hora, Aline Custódio e Mateus Bruxel estão produzindo um documentário que contará a história da antiga Cervejaria Polar de Estrela. Na parte da manhã estiveram visitando o Memorial da Aepan-ONG onde fotografaram documentos e fotografias do acervo e entrevistaram voluntários ligados a entidade.

Pela tarde acompanhei os repórteres na residência do Sr. Flávio Jaeger que relatou fatos e acontecimentos da Polar durante os anos em que foi competente colaborador da empresa. O conteúdo das memórias do Sr. Flávio Jaeger foi gravado em vídeo que fará parte do documentário.

Foi um privilégio participar dos trabalhos como convidado, representando a Folha de Estrela. Evidente que não vou relatar as curiosidades relatadas pelo entrevistado, mas posso garantir que os estrelenses irão apreciar o trabalho dos profissionais do jornal de Porto Alegre. Estão colhendo depoimentos de diversos Polarianos.

Quem é Flávio Jaeger:

Empresário industrial e corretor de seguros, em Estrela, onde nasceu em 30 de novembro de 1926, filho de  Waldemar Jaeger e Maria Gabriela Ruschel, casado com Ilse Irma Soltmann, tendo os filhos Alberto (falecido), Fernando, Ivone e Liane. 

Com 18 anos de idade, concluiu o curso de piloto civil no Aero Clube Santa Cruz do Sul, recebendo a habilitação em 1944. 

Em 1947, graduou-se como 3º sargento do Exército. 

Em 1968, concluiu o curso de Corretor de Seguros. 

Em Santa Cruz do Sul iniciou como balconista da Agnes, Frank & Cia., concessionária Chevrolet, em 1942. 

Depois de ter trabalhado em algumas empresas em Santa Cruz do Sul e São Leopoldo, passou a maior parte de seu tempo em Estrela, onde atuou, primeiramente na Manufatora de Couros Estrelense Ltda., até 1951. 

Foi treinador da equipe feminina de basquete da Soges.

Entrou na Polar S. A., convidado por Arnaldo José Diel. 

Nos anos seguintes, empenhou-se na execução do projeto de ampliação da fábrica de cerveja, em 4.500m², sendo seu procurador, até 1975. 

Sua última área de atuação, antes de se aposentar, foi estabelecer a empresa Jaeger Corretora de Seguros Ltda., na rua Fernando Abbott, nº 329. 


Caixa Econômica Federal - Casa de crédito em Estrela, na Rua Coronel Flores n.º 306, instalada em 1964, sob a gerência de Ruben Schymidt. A história iniciou com a escolha da sede, tendo em vista que sua localização interessava à direção instituição financeira. Flávio Jaeger cedeu o espaço a ser alugado, na Rua Borges de Medeiros, nº 262, com esquina da Fernando Abbott nº 311. Na década seguinte, instalou-se no prédio atual em 1976. 

Ziguezague – Apelido da parte final da Rua 13 de Maio, onde descia em forma sinuosa e abrupta até a margem do Rio Taquari. Os mais ousados arriscavam descer o Ziguezague de bicicleta, o que Flávio Jaeger relembra, quando foi de carona com Rugard Schmidt. O tombo deixou-o de molho por alguns dias. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário