Airton Engster dos Santos

terça-feira, 15 de agosto de 2017

Bióloga Rosângela Selli Johann no Redação Studio tratou sobre a situação do lixo em Estrela



Bióloga Rosângela Selli Johann no Redação Studio

A bióloga da Secretaria do Meio Ambiente e Saneamento Básico de Estrela, Rosângela Selli Johann, concedeu entrevista no Redação Studio - Jornal com Café da Manhã, quando falou sobre a situação da coleta de lixo no município.

Afirmou que mensalmente são recolhidas 482 toneladas de resíduos em Estrela, sendo 384  T de lixo orgânico e 98 T de lixo seco.

Disse que é realizada fiscalização rígida dos serviços prestados na área do recolhimento, sendo utilizado GPS para monitorar os km rodados pelos veículos e observado o nível de satisfação dos munícipes.

Até o final do ano serão divulgados dois editais de licitação para serviços de coletas de lixo orgânico e seco.

Rosângela contou que desde 2013 a quantidade de lixo recolhida no município diminuiu, pois o número de catadores aumentou devido a crise econômica do País.

A bióloga condenou as lixeiras nas esquinas de vias públicas em bairros do município pois as mesmas estão se transformando em lixões.

Segundo Rosângela a Coleta Seletiva precisa contar com ajuda da população para melhorar a qualidade de vida de todos. Separar o lixo e respeitar o cronograma de recolhimento em seus dias e turnos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Novo projeto habitacional do município de Estrela terá 126 unidades

Conselho de Habitação visita obras no Loteamento Nova Morada III Novo projeto habitacional do município de Estrela terá 126 unidad...