Últimas Notícias - 04 de fevereiro de 2016



O senador Delcidio do Amaral (PT-MS) pediu para a Justiça anular a prova que o levou à prisão. Ele diz que caiu numa armadilha ao ser gravado planejando a fuga de um dos envolvidos na Lava Jato.

O ministro Edson Fachin liberou para julgamento no STF um pedido de abertura de ação penal contra o presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL). A denúncia, de 2007, aponta o uso por Renan de notas frias para comprovar que pagava a pensão de uma filha.

Em mensagens de áudio pelo WhatsApp, taxistas de São Paulo incitam violência contra motoristas do Uber: "Tem que começar a botar fogo em carro preto". Na véspera, a Justiça proibiu a prefeitura de impedir atuação do Uber na cidade.

O Senado aprovou a projeto que permite às empresas ampliarem de 5 para 20 dias a licença-paternidade. Para entrar em vigor, falta agora a sanção da presidente Dilma.

Nenhum comentário:

Postar um comentário