Últimas Notícias - 03 de fevereiro de 2016


Em seis anos de mandato, a presidente Dilma Rousseff esteve pela 2ª vez na abertura do ano legislativo na Câmara. Ela defendeu a volta da CPMF, o limite de gastos e a reforma da Previdência e foi vaiada e aplaudida pelos parlamentares.

O processo por quebra de decoro contra o presidente da Câmara, Eduardo Cunha, voltou à estaca zero. O vice-residente da Casa, Waldir Maranhão, aceitou recurso de Cunha e anulou a aprovação no Conselho de Ética de parecer do relator para seguir com o processo.

O juiz Sérgio Moro paralisou a ação penal que envolve a empreiteira Odebrecht. Foi suspenso o prazo para as alegações finais da defesa, a última etapa antes da sentença.

O serviço de saúde do Texas (EUA) diz ter registrado o primeiro caso de transmissão sexual do zika vírus. Até então, os casos eram de transmissão pelo mosquito Aedes aegypti. A agência de energia atômica da ONU propôs tornar o mosquito macho infértil com o uso de radiação.

Por uma diferença apertadíssima, Hillary Clinton venceu as prévias de Iowa pelo partido Democrata. Entre os republicanos, Ted Cruz saiu na frente, superando o favorito Donald Trump.

Nenhum comentário:

Postar um comentário