Notícias da Prefeitura de Estrela - 06 de outubro de 2015



O Dia da Criança, que transcorre no próximo dia 12, será comemorado com um evento especial para todos os estudantes de Estrela. Nesta quinta-feira (08) ocorre, no Princesa do Vale, o Brincando no Parque. O evento, promovido pelas secretarias municipais de Esportes e Lazer e de Educação, pretende reunir 2,5 mil estudantes de todas as redes de ensino do município para um dia inteiro de atividades de lazer, esportivas e educativas.

Oficinas gratuitas serão oferecidas. Haverá passeios de barco no lago, futebol, bicicross, pintura de rosto, passeios de Smelito, passeios a cavalo, slackline, oficina de brincadeiras antigas, entre outras. Também terá cinema 3D, brinquedos infláveis, Espaço Aventura, Ioio Man e Escolinha de Trânsito com a Brigada Militar e o Sest/Senat. As crianças receberão um lanche saudável, para que assimilem a importância da nutrição adequada. As atividades ocorrem das 8h às 11h e das 13h às 17h.

O Brincando no Parque é realizado pela Smel e SME com apoio das secretarias de Cultura e Turismo e do Desenvolvimento Social, Trabalho e Habitação. O evento deste ano tem a parceria do Sest/Senat, Sesi, CTGs Raça Gaudéria e Estrela do Rio Grande, Brigada Militar e Corpo de Bombeiros. A entrada no parque e as atrações são gratuitas. 

A Universidade Federal do Rio Grande do Sul, através do Centro Universitário de Estudos e Pesquisas sobre Desastres e do Grupo de Gestão de Risco de Desastres, com apoio da Coordenadoria Municipal de Proteção e Defesa Civil de Estrela, está realizado um trabalho de pesquisa na região da Bacia Taquari-Antas relacionado ao risco de inundação e às possíveis soluções para minimizá-lo, através da atuação integrada de diversas entidades. 

Entre as atividades previstas está a realização de encontros com os moradores do Bairro Oriental, com o objetivo de compreender a percepção local relacionada às inundações e, através de sua participação, fazer um diagnóstico participativo dos problemas e reflexão sobre ações e atitudes que a própria comunidade poderá adotar para reduzir os impactos gerados pelos desastres.

O primeiro encontro ocorre nesta terça- feira (06), das 19h às 22h, na Escola Municipal de Educação Infantil São João. Na ocasião vai ocorrer a oficina “O olhar dos moradores”. A atividade prevê mais duas reuniões no mês de novembro, no mesmo horário e local. Nos dias 5 e 26 será realizada a oficina “Pensando o futuro”. 

Na última semana o secretário de Planejamento e Desenvolvimento Econômico do município, Marco Aurélio Wermann recebeu da pesquisadora da Ufrgs, Eloísa Giazzon o resultado do trabalho realizado nos últimos 15 meses no município. Eloísa também comunicou que o município receberá o certificado de Cidade Resiliente da ONU, em solenidade no dia 9 de outubro, na Univates, quando ocorre o 5º workshop do Projeto Taquari-Antas.

O prefeito Rafael Mallmann assina, nesta terça-feira (06), contrato com a empresa PróCidades Consultoria em Planejamento Urbano S/S, vencedora do processo licitatório para a elaboração do Plano Diretor de Mobilidade Urbana de Estrela. O ato será realizado às 9h, no Salão Nobre da prefeitura. De acordo com o secretário do Planejamento e Desenvolvimento Econômico, Marco Wermann, esta será uma importante ferramenta de planejamento e gestão, estando voltada a integrar os diferentes modos e serviços de melhoria da mobilidade e acessibilidade das pessoas e cargas no município, especialmente na área urbana. 

Entre outros aspectos, o plano deverá contemplar a acessibilidade para pessoas com mobilidade restrita, áreas de estacionamento; áreas e horários de acesso restrito; circulação viária; distribuição de bens, cargas e descargas; infraestrutura do sistema de mobilidade urbana; mobilidade no espaço público, de pessoas e mercadorias; polos geradores de tráfego; serviços de transporte coletivo; sistemática de avaliação, revisão e atualização do Plano de Mobilidade Urbana; táxis, transporte escolar e fretamento. 

O Plano, segundo Wermann, deverá determinar as demandas atuais e projetar as demandas futuras, nos trechos da malha viária afetados pelas intervenções a serem apresentadas. O município estimava investir R$ 89 mil na elaboração do Plano de Mobilidade Urbana, mas a proposta da empresa vencedora da licitação foi de R$ 52,1 mil. O município atende, desta forma, o que dispõe a Lei Federal 12.587/2012, que institui as diretrizes da Política Nacional de Mobilidade Urbana. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário