Economia - 22 de outubro de 2015



Em um cenário de recessão da economia brasileira, mas com a inflação ainda fortemente pressionada, o Comitê de Política Monetária (Copom) do Banco Central se reuniu nesta quarta-feira (21) e decidiu manter novamente os juros em 14,25% ao ano. A decisão foi unânime e sem viéis, sinalizando que o BC não vai alterar a taxa até a próxima reunião em dezembro. Em setembro, na reunião anterior do Comitê, os juros já haviam ficado estáveis.

A presidente Dilma Rousseff utilizou sua conta no microblog Twitter, na noite desta quarta-feira (21), para criticar a possibilidade de o relator do projeto do Orçamento 2016, deputado Ricardo Barros (PP-PR), propor o corte de R$ 10 bilhões do Bolsa Família no próximo ano. Para Dilma, cortar recursos do programa é "atentar contra 50 milhões de brasileiros".

Nenhum comentário:

Postar um comentário