Ronda Policial Rio Grande do Sul - 14 de junho de 2016



Um adolescente de 17 anos foi morto a tiros, nesta segunda-feira, na avenida José Aloísio Filho, bairro Humaitá, na zona Norte da Capital. Baleado na lateral do tórax, Rodrigo Maciel Gonçalves foi abordado por dois criminosos de bicicleta, um deles armado, que anunciaram o assalto.

Conforme relato feito à Brigada Militar, o menor se assustou durante a abordagem e fez um movimento brusco. Neste movimento, ele foi alvejado. Os criminosos fugiram sem levar nada.

Agentes da Polícia Civil mostraram-se surpresos com a crueldade do crime praticado contra a funcionária da Infraero Mineia Machado, de 39 anos, morta ao ser estrangulada e atingida a golpes de chave de fenda, nesse fim de semana, às margens da BR 386, em Montenegro, no Vale do Caí. Com o uso de um aparelho, choques de 25 mil volts foram disparados contra vítima, que foi amarrada e agredida. O corpo foi localizado na manhã desta segunda-feira, em um matagal, após um homem de 32 anos e um adolescente de 16 anos terem confessado o crime.

Revelando ter cometido outros seis homicídios, o menor não mostrou arrependimento ao confessar o crime. Os requintes de crueldade impressionaram o delegado Cleber Ferreira, que concedeu entrevista sobre o caso, hoje à tarde, no Palácio da Polícia. “Eu tenho uma experiência muito grande na Polícia Civil e, pela idade dele de 16 anos, eu achei de uma frieza impressionante, da maneira que ele narrou os fatos e praticou os golpes. Ele foi tão frio, que ele disse ter dado um golpe no peito dela com a vontade de atingir o coração”, detalhou. O adolescente é foragido da Fundação de Atendimento Sócio-Educativo (Fase) e cabe ao Departamento da Criança e do Adolescente (Deca) solicitar um novo pedido de internação.

Os policiais chegaram até o corpo de Mineia após terem capturado a dupla, no domingo, nas imediações da Estação Rodoviária de Lajeado, no Vale do Taquari.

Um homem foi morto na madrugada desta segunda-feira no bairro Restinga, na zona Sul de Porto Alegre. A vítima foi atingida por quatro tiros de calibre 12 dentro de uma residência na rua Manoel Faria da Rosa Primo.

O homem, identificado como Cristiano Gonçalves Lopes, não tinha antecedentes criminais nem relação com o tráfico de drogas. Conforme testemunhas, o homem teria se desentendido com traficantes da região. Até o momento, não há detalhes sobre os suspeitos do crime.

Um homem de 54 anos morreu afogado, na tarde desta segunda-feira, em um açude particular na localidade de Vila Rica, em Farroupilha, na Serra gaúcha. Fazia a manutenção de refletores, em um barco, quando caiu de uma escada. Com o impacto da queda, a embarcação virou. O pai da vítima, de 75, estava junto e conseguiu sobreviver ao se segurar a um poste e pedir socorro.

Familiares e amigos fizeram buscas e localizaram o corpo antes da chegada dos bombeiros. A profundidade no local chega a 3 metros, conforme a guarnição de Garibaldi, que atendeu o caso.

Nenhum comentário:

Postar um comentário