Plantão Policial Rio Grande do Sul - 07 de junho de 2016



A Polícia Rodoviária Federal prendeu, nesta segunda-feira em Eldorado do Sul, um homem de 29 anos com 95 ocorrências criminais e 17 passagens por presídios. Com mandado de prisão em aberto, ele conduzia uma moto roubada. Patrulheiros que faziam o policiamento ostensivo na BR 290 desconfiaram do condutor, em atitude suspeita próximo à praça de pedágio. Ao revistar o homem, encontraram em um dos bolsos uma chave micha (utilizada para arrombar veículos) e verificaram que a fechadura da moto havia sido violada. Contatado, o dono do veículo informou ter estacionado no Centro de Porto Alegre e ficou surpreso ao descobrir que havia sido furtado. O homem foi preso e encaminhado à área judiciária. Já a moto foi recolhida para devolução.

A Polícia Civil e a Polícia Militar de Minas Gerais entram nesta segunda-feira no quarto dia de buscas a homem, de 42 anos, suspeito de estuprar, matar e arrancar o coração de uma menina de 10 anos em Buenópolis, na região Central do estado, a 270 quilômetros de Belo Horizonte. O criminoso é considerado foragido da Justiça.

Ele responde pelos crimes de homicídio, estupro e roubo em Montes Claros, no norte do Estado. Ele escapou em fevereiro de 2012 do Presídio Alvorada, no município, segundo a Secretaria de Estado de Defesa Social (Seds). O suspeito estaria vivendo em Buenópolis, a 145 quilômetros de Montes Claros. A menina foi vista pela última vez na quinta-feira, 1º, quando ia à escola.

A Secretaria Municipal da Saúde (SMS) de Canoas, interditou, nesta segunda-feira, uma Instituição de Longa Permanência para Idosos devido a falta de condições de funcionamento e maus-tratos, no bairro Fátima. A equipe de fiscais e duas assistentes sociais da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social (SMDS) constataram que o local atendia além da capacidade e não tinha alvará do Corpo de Bombeiros, além de apresentar condições de higiene inapropriadas e estrutura precária. O proprietário também não apresentou a documentação do responsável técnico.

Pedindo para não ser identificado, um dos moradores declarou que o local é o pior em que já esteve. Com a interdição, os idosos foram retirados do local por familiares contatados pelas assistentes. Os que não tinham para onde ir foram remanejados para outras instituições.


Nenhum comentário:

Postar um comentário