Notícias da Prefeitura de Estrela-RS - 1º de junho de 2016



As Escolas Municipais de Ensino Fundamental e de Educação Infantil de Estrela estão recebendo, da Secretaria Municipal de Educação, obras dos autores que estarão presentes na Feira do Livro que ocorre no mês de setembro. O objetivo é propiciar que as escolas realizem o trabalho pedagógico a partir dos livros. Durante a feira os alunosterão a oportunidade de conhecer os escritores, sua história e um pouco de seu trabalho através de rodas de conversa. 

Entre eles estarão presentes André Neves, Gláucia de Souza e Tânia Alexandre Martinelli. Destacam-se obras como Brinquedos, Malvina, Margarida e A caligrafia de dona Sofia, do escritor André Neves; Outro Olhar, Janelas de Dentro e A melhor banda do mundo, da escritora Tânia Alexandre Martinelli; Bestiário e Do alto do meu chapéu, da autora Gláucia de Souza.

O Governo de Estrela, com a participação da Caixa Econômica Federal, Conselho Municipal da Habitação e sociedade civil fará, na próxima sexta-feira (03.06), o sorteio para escolha das unidades dos empreendimentos Nova Morada I e II, do Programa Minha Casa, Minha Vida. O ato será realizado no conjunto habitacional, localizado em Novo Paraíso. Das 8h às 12h ocorre o sorteio das 100 casas do Nova Morada II e das 13h às 17h, das 150 unidades do Novo Morada I. 

O processo de escolha das residências obedece a critérios nacionais e municipais do programa Minha Casa, Minha Vida, regido por portaria do Ministério das Cidades. O Nova Morada II sorteará inicialmente as casas do três beneficiários portadores de deficiência. Em seguida serão os três idosos e depois os demais 94 beneficiários. A mesma sistemática será desenvolvida em relação ao Nova Morada I. Primeiro será feita a escolha pelos três portadores de deficiência compatíveis (cinco foram sorteados, mas dois desistiram). Depois serão os cinco idosos e, por fim, os 142 restantes.

A Secretaria Municipal do Desenvolvimento Social, Trabalho e Habitação (Sedesth) frisa que todos os beneficiários deverão estar presentes, com exceção dos suplentes. Os que não comparecerem vão receber a casa de acordo com ordem alfabética do beneficiado e a ordem numérica das unidades não escolhidas durante o processo.
A construção das casas populares é o grande marco do Governo de Estrela. Para o projeto, o investimento é de R$ 21 milhões, investidos nas 250 unidades habitacionais e no acesso ao empreendimento. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário