Ronda Policial Rio Grande do Sul - 09 de junho de 2016



Uma escola foi arrombada na madrugada desta quarta-feira em Porto Alegre. Os criminosos teriam levado pelo menos 110 netbooks e um aparelho projetor que era utilizado pelos alunos da Escola Estadual de Ensino Fundamental Aurélio Reis, localizada no bairro Jardim Floresta, zona Norte da Capital. O crime ocorreu por volta da meia-noite, mas só foi percebido quando a diretora da escola, Nassara Scheck, chegou ao local, às 6h.

"É uma luta muito grande que a gente faz pra adquirir as coisas junto da comunidade, apesar das dificuldades que estamos passando. Dá uma sensação de impotência porque nessa hora que a gente deveria contar com a polícia, a gente não conta. Como vamos conseguir isso de volta? É muito triste", lamentou a diretora. 

A Polícia Federal (PF) prendeu nessa terça-feira, em Curitiba, o agente Newton Ishii, conhecido popularmente como "Japonês da Federal", por conduzir presos da operação Lava Jato. Ele está detido na Superintendência da PF para cumprir mandado expedido pela Vara de Execução Penal da Justiça Federal de Foz do Iguaçu, no oeste do Paraná.

Newton foi condenado a quatro anos e três meses de prisão em virtude da operação Sucuri, deflagrada em 2003, que investigava o envolvimento de 19 agentes na entrada de contrabando no País via fronteira com o Paraguai. A defesa do agente chegou a recorrer da condenação, mas o Superior Tribunal de Justiça (STJ) negou o recurso na semana passada.

Um jovem de 20 anos foi preso na manhã desta quarta-feira em Porto Alegre suspeito de estuprar quatro menores de idade. De acordo com a Polícia Civil, o homem, que trabalha como professor de tênis, usava perfil falso em redes sociais para se aproximar das vítimas.

A titular da Delegacia de Polícia para Crianças e Adolescentes (Deca), Andréa Magno, revelou que o jovem convencias as adolescentes a enviar fotos nuas. Depois disso, ele as chantageava ameaçando divulgar as imagens. “Ele pedia foto das vítimas nuas. Elas enviavam essas fotos e, partir disso, ele fazia uma chantagem para que elas fizessem sexo com ele para não ter as imagens publicadas. De uma menina ele chegou a pedir R$ 150 para não divulgar as fotos”, contou a delegada.

Um carro e uma motocicleta pegaram fogo em uma via da Cidade Baixa, na noite dessa terça-feira, na região central de Porto Alegre. Um Fiat Uno colidiu contra uma moto, que foi arrastada por cerca de 300 metros até o início do incêndio. 

O acidente ocorreu nas esquinas da rua João Alfredo com a avenida Loureiro da Silva. Após a colisão, o Uno seguiu arrastando a motocicleta pela João Alfredo até a rua da República. O incêndio destruiu os dois veículos e um segundo carro também foi atingido pelas chamas.

O motorista do Uno teria tentado fugir conforme testemunhas, mas foi contido por populares. O condutor ainda teria se negado a fazer o exame do bafômetro. Já o piloto da moto ficou ferido e foi levado para atendimento no Hospital de Pronto Socorro (HPS) da Capital.

Correio do Povo

Nenhum comentário:

Postar um comentário