Airton Engster dos Santos

sábado, 5 de novembro de 2016

Finalização da duplicação da BR 386 está entre as prioridades do Governo Federal para 2017.


Finalização da duplicação da BR 386 está entre as prioridades do Governo Federal para 2017. 

O assunto foi discutido hoje durante uma audiência no DNIT RS, em Porto Alegre com representantes da CIC VT, AMVAT e CODEVAT. 

O governo prevê R$ 40 milhões para a finalização da obra entre Estrela e Tabai, no orçamento de 2017. A Lei Orçamentária Anual (LOA) ainda precisa ser votada. Se aprovado no Congresso Nacional, o recurso para a duplicação deve ser disponibilizado já no início do próximo ano, de acordo com o Superintende do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT) RS, Hiratan Pinheiro da Silva. “Obra parada é ruim para todo mundo. Em 6 meses, com tempo favorável ela será concluída. A intenção é começar o serviço em janeiro, pois o verão é o melhor período para o trabalho, os dias são mais longos e quentes. ” 

O presidente da Câmara da Indústria, Comércio e Serviços do Vale do Taquari, Ito José Lanius afirmou que essa é uma ótima notícia para toda a região e o Estado em geral. “Nós não tínhamos nada certo, mas agora sabemos que a obra é prioridade e vamos continuar lutando para que o projeto seja concluído. ” 

A presidente do Conselho de Desenvolvimento do Vale do Taquari (Codevat) Cíntia Agostini, questionou. “ Nós como entidade, o que podemos fazer para garantir que esse recurso seja disponibilizado? Ela ouviu do superintende do DNIT RS que é preciso manter o recurso no planejamento, por isso é importante conversar com a bancada de senadores, explicar a importância da obra. 

A duplicação da BR 386 está parada desde janeiro deste ano, por falta de recursos. Segundo o DNIT, mais de 90% da obra está concluída. Ainda de acordo com o Departamento, faltam 10 quilômetros de duplicação para liberar o trânsito e 2 quilômetros de terraplanagem. O vice-presidente do Codevat, Sidnei Eckert ressaltou que a duplicação precisa ser concluída. “Se torna uma obra prioritária por que falta pouco para terminar a duplicação. Já o presidente da Associação dos Municípios do Vale do Taquari (Amvat) Sérgio Marasca afirmou que é importante o trabalho em conjunto das entidades. “ O primeiro passo foi já dado, precisamos seguir adiante e terminar a duplicação. ” 

Estudo de concessão de rodovias 

Esse foi outro assunto abordado na reunião. O Superintende do DNIT acredita que o governo vá concluir a duplicação da BR 386 entre Estrela e Tabai por que pretende incluir a rodovia, no processo de concessão para 2017. “ Estamos aguardando o edital para projetar tudo o que precisa ser feito. Os moradores próximos podem encaminhar as demandas”. Ito questionou ainda sobre a duplicação da BR 386 entre Lajeado e Iraí. “ Esse pedágio vai servir para manutenção ou vai prever investimentos na rodovia como alargamento da estrada para desafogar o trânsito? ” Hiratan informou que o edital deve contemplar as necessidades mínimas para um período de 20 anos. ” 

Ito apresentou ainda outra bandeira da entidade que é a elaboração de um projeto de logística para mostrar um panorama da infraestrutura rodoviária do Vale do Taquari. 

Simone Wobeto 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Igor Biberg, vencedor do slogan para Rádio Alto Taquari em 2003 - 55 anos, chamada levada ao ar pela emissora

Ouça na voz de Igor Biberg, vencedor do slogan para Rádio Alto Taquari em 2003 - 55 anos, chamada levada ao ar pela emissora....