Notícias do Mundo, Brasil, Rio Grande do Sul e Vale do Taquari - 15 de junho de 2016


Univates:

Na última segunda-feira, dia 13, a Univates deu início a mais uma edição dos Jogos Escolares do Ensino Médio (Joguem). Ao todo, 11 escolas, de seis diferentes municípios, participam da primeira etapa. Cerca de 300 alunos estarão envolvidos nas modalidades de basquetebol, voleibol e atletismo. 

No primeiro dia, o Complexo Esportivo da Univates recebeu as disputas de basquete. A etapa contou com a participação de cinco equipes: Ceat (Lajeado), Colégio Martin Luther (Estrela), Castelo Branco (Lajeado), Gomes Freire de Andrade (Teutônia) e Gustavo Adolfo (Lajeado). Após 14 jogos disputados, a taça ficou com o time do Colégio Presidente Castelo Branco, seguido pelas equipes do Ceat e Martin Luther.

Vale do Taquari:

Na indústria de alimentos, estar atualizado com as exigências legais e capacitar os fabricantes para que produzam portfólios ainda mais saudáveis, são essenciais no desenvolvimento do setor. Nesse sentido, a Associação Comercial e Industrial de Lajeado (Acil), em parceria com o Grupo Técnico em Alimentos, realiza nos dias 17 e 18 de novembro, durante a Expovale, o XVI Workshop em Alimentos. As atividades ocorrem na sede da Acil, localizada na Rua Silva Jardim, 96.

A proposta é discutir as novas normas de rotulagem de alimentos impostas pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), que estabeleceu o dia 02 de julho como prazo máximo para as empresas se adequarem ao regulamento dos alergênicos presentes nos produtos. A atividade vai reunir profissionais de todo o Brasil, visando a troca de conhecimentos e consequente capacitação dos fabricantes de alimentos da região. Durante o evento também serão discutidos temas relacionados ao gerenciamento de alergênicos, tipos, composição, processamento e papel na dieta dos snacks, comportamento da gordura nos produtos e na dieta, a ciência dos aromas, recall, aspectos tecnológicos e saudabilidade de ingredientes substitutos do leite, normalização em alimentos, avaliação sensorial como ferramenta estratégica e fortificação em alimento.

A Expovale 2016 ocorre de 11 a 20 de novembro no Parque do Imigrante, em Lajeado. A feira é uma realização da Associação Comercial e Industrial de Lajeado (Acil) e Prefeitura de Lajeado. Tem o patrocínio de Fruki Guaraná e Rede Imec de Supermercados, e apoio de Farmácias São João, Rota Indústria Gráfica, Bremil, Florestal Alimentos e Cervejaria Salva.

Rio Grande do Sul:

A Faculdade La Salle Estrela está no mercado há seis anos, consolidando a sua marca perante os públicos e aproximando-se da comunidade. A cada vestibular, cresce o número de alunos que fazem parte da Instituição. A Faculdade tem um dos diferenciais mais atraentes para o acadêmico: o baixo custo associado à qualidade e a experiência prática dos professores. No vestibular de inverno, que ocorre dia 9 de julho, a partir das 13h30min, toda equipe lassalista estará presente para acolher os candidatos.

O aluno que ingressar na Instituição sentirá no bolso o peso da economia. A cada três disciplinas cursadas, o acadêmico “poupa” em média, R$ 300 mensais, se comparado às outras instituições presenciais do Vale. Com esse valor, é possível investir na formação, fazendo, por exemplo, um curso de línguas ou manter a vida financeira equilibrada. Para o diretor geral da Faculdade, Irmão Marcos Corbellini a economia significa mais uma demonstração da intenção que os lassalistas têm na região, de prestar serviço à comunidade e oferecer conhecimento a um preço acessível.

A satisfação dos alunos para com a Faculdade é fator relevante e que deixa orgulhosos os diretores da Instituição. Em 2015, a Faculdade obteve um índice de satisfação de 95% (baseado na pesquisa de avaliação institucional – Proavi). Este índice evidencia a excelência produzida na educação local onde o acolhimento, a qualidade do ensino e o ser humano são as peças chaves do trabalho lassalista. A instituição estrelense faz parte da Rede La Salle que está em mais de 80 países no mundo, envolvendo mais de um milhão de alunos.

Brasil:

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Teori Zavascki, negou nesta terça-feira pedido da Procuradoria-Geral da República (PGR) para prender o presidente do Congresso Nacional, Renan Calheiros (PMDB-AL), o senador Romero Jucá (PMDB-RR) e o ex-senador e ex-presidente da República José Sarney.

Na decisão, Teori disse que não há motivos para decretar a prisão dos senadores. “Ao contrário do que sustenta o procurador-geral da República [Rodrigo Janot], nem se verifica – ao menos pelos elementos apresentados – situação de flagrante de crimes inafiançáveis cometidos pelos aludidos parlamentares, nem há suficiência probatória apta, mesmo neste momento processual preliminar, a levar à conclusão de possível prática de crimes tidos como permanentes”, entendeu o ministro.

Mundo:

Cuba recebeu este ano dois milhões de turistas estrangeiros, uma cifra que encaminha a ilha para um recorde de visitantes após o início de sua reaproximação com os Estados Unidos. O ministério do Turismo destacou em um comunicado que a ilha alcançou em 12 de junho os "dois milhões de visitas", 27 dias antes com relação ao ano passado.

A cifra representa um avanço de 12% com relação ao primeiro semestre de 2015. Canadá, Alemanha, Reino Unido, Estados Unidos, França, Itália, Espanha, México e Argentina contribuíram "de forma significativa" com o crescimento do turismo em Cuba.

No ano passado, este destino do Caribe recebeu 3,5 milhões de turistas, 17% a mais que em 2014. Até o final de 2016, espera chegar aos 3,85 milhões de visitantes. Só as visitas procedentes dos Estados Unidos tinham aumentado 93% até abril passado, com respeito ao mesmo período de 2015, e alcançado os 94.000 americanos, segundo o ministério do Turismo.

Os americanos que viajam para a ilha como visitantes, pois devido ao embargo em vigor desde 1962 ainda não estão autorizados a fazer turismo livremente. Mesmo assim, o governo de Barack Obama - que restabeleceu relações diplomáticas com Cuba em julho de 2015 - flexibilizou algumas restrições e propiciou o aumento das viagens.

Nenhum comentário:

Postar um comentário