Notícias da Prefeitura de Estrela - 06 de junho de 2016


Coordenadores municipais da Defesa Civil de Estrela, Encantado, Lajeado e Muçum, juntamente com a Coordenadoria Regional, participaram nesta quinta-feira (02.03), em Estrela, de encontro com equipe da Companhia de Pesquisas de Recursos Minerais (CPRM). A companhia possui o Sistema de Alerta de Eventos Críticos, que coleta, analisa e divulga os dados das estações automáticas instaladas nas bacias hidrográficas, entre as quais está a do Rio Taquari. Em casos de chuva intensa são emitidos boletins de alerta, e o objetivo do encontro foi detalhar o boletim aos coordenadores, para esclarecer dúvidas a respeito de sua interpretação, pois são feitas projeções sobre a cota que o rio pode alcançar - bem como firmar parceria com a Defesa Civil. 

Os Sistemas de Alertas Hidrológicos são considerados uma medida não estrutural que visa à melhor convivência da população com enchentes, inundações e secas, através da geração de boletins e relatórios com meses, dias ou horas de antecedência em relação aos eventos críticos. São de caráter preventivo, ou seja, não adotam soluções físicas que implicam execução de obras. Este produto permite que agências governamentais, instituições públicas e privadas, defesa civil e cidadãos possam tomar decisões sobre políticas e ações para mitigar os riscos de inundações e secas. 
Participaram do encontro com os coordenadores os engenheiros hidrológicos da CPRM André Kirmse Chagas e Márcia Conceição Pedrollo e o técnico João Carlos Maduell. 

Foi aberta na sexta-feira (03.06), às 19h, no Centro de Cultura e Turismo Bertholdo Gausmann, em Estrela, a exposição Arrebanhando – Sem o outro não somos. “Em uma época de tanta conexão, quase que em vigília conectados à internet, cada vez mais nos desconectamos da realidade”. A exposição – de ovelhas em cerâmica, fotografia e texto - quer sensibilizar para a importância da convivência orgânica, “sem o outro, não somos”. Foi no processo de modelagem seriada, da necessidade de compartilhar com as pessoas, na forma de ovelhas, na macro fotografia, na sensibilidade das palavras escritas, que surgiu o sentido da exposição.

O projeto é de Claudia Jung (ceramista), Ivan Pielke (fotógrafo), Ivete Kist (escritora), Heinz Schnack, Marina Helena Müller, Josué Delazari, Angélica Diefenthaler (organizadores e divulgadores). A exposição se estenderá até o dia 17 de junho e poderá ser visitada no horário das 8h às 11h30min e das 13h30min às 17h. O evento tem apoio da Secretaria Municipal de Cultura e Turismo de Estrela (Secultur). 

Nenhum comentário:

Postar um comentário