Airton Engster dos Santos

sexta-feira, 10 de junho de 2016

Economia - 10 de junho de 2016



A manutenção dos juros em 14,25% ao ano pelo Comitê de Política Monetária (Copom) do Banco Central (BC) agravará a recessão e o desemprego, avalia a Confederação Nacional da Indústria (CNI). Em comunicado, a CNI informou que as taxas só podem ser reduzidas quando o governo cortar gastos.

No texto, a entidade destaca que a queda da atividade econômica ultrapassou o limite do sustentável e que a manutenção dos juros básicos era esperada: “a decisão do Copom não surpreendeu a indústria, pois a inflação alta resiste e continua distante da meta”.

Para a CNI, a economia só poderá retomar o crescimento quando os juros caírem, mas a redução depende da implementação das propostas de ajuste fiscal anunciadas pelo governo. “Essas medidas são decisivas para o país controlar a demanda, afastar o risco do aumento insustentável da dívida pública e recuperar a confiança dos investidores”, concluiu o comunicado.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Lançamento do Livro do Escritor Ricardo Wagner em Estrela..."Um Novo Projeto de Vida"...Veja compacto em vídeo...

Lançamento do Livro do Escritor Ricardo Wagner em Estrela..."Um Novo Projeto de Vida"...Veja compacto em vídeo...